Barcelona

Vou deixar o mapinha que fizemos e depois deixamos de lembrança pra Vani que nos recebeu pelo Airbnb.

Vou deixar o mapinha que fizemos e depois deixamos de lembrança pra Vani que nos recebeu pelo Airbnb.

Ah, Barcelona. O primeiro destino que fomos. Primeiramente, fizemos cerca de 12 horas de viagem com escala em Madri. Março na Europa é final de inverno e início de primavera – além de ser o mês com passagens mais baratas para a Europa – , o tempo não é tão frio nem tão quente, então é ótimo para viajar e caminhar bastante.

Demos um pouco de azar e pegamos a ultima semana do inverno que foi a semana mais fria. E toda a nossa roupa de frio reservada pro frio de Berlim, acabou sendo antecipada. Mas faz parte da viagem ter surpresas, afinal de contas, não dá pra planejar tudo.

Barcelona é relativamente pequena e dependendo do ponto que ficar na cidade, dá pra ver tudo a pé. Mas o transporte público cobre a cidade toda, então nã há impeditivos. Por ser uma cidade com praia, venta relativamente bem, então pros friorentos – como eu – sempre bom ter um casaquinho ou um lenço ou algo que aqueça.

Ficamos num Airbnb próximo a Passeig de Gracia (principal rua com lojas caras e muitos turistas) e a mulher que nos recebeu nos deu amor e um mapa cheio de dicas com o que fazer por lá – vou colocar na galeria.

Vou deixar aqui um mapa com os pontos turísticos, alguns lugares pra comer e beber:

Mas, claramente o post não acaba aqui, vou deixar umas dicas – ou experiências – que passamos:

1- Se puder, visite os pontos turísticos durante a semana. Parece óbvio mas não fizemos. Alguns pontos deixamos pro final de semana (como o Park Guel) e acabamos não entrando pois estava muito cheio.

2- A vida noturna é ótima e tem muito lugar pra ir. Passamos 5 dias lá e vimos agitação tanto na semana quanto no final de semana. Dá pra aproveitar muito.

3- Experimente as cavas (tipo champanhe) e vinhos, e principalmente a sangria. Já tinha tomado umas sangrias aqui e não gostava, mas as de lá são diferentes e maravilhosas! E por falar em cavas, achamos um bar de cavas Can Paixano que é excelente. Eles vendem cavas de fabricação própria e servem lanches e petiscos para quem fica por lá. O lugar enche rápido, então chegue cedo, por volta das 16-17, e os preços são bem em conta, por 2 euros se toma uma taça de cava.

20160317_174059_HDR

4- Tem um milhão de padarias pelas ruas, e é super normal pegar um pão ou um lanche e sair comendo pelas ruas. Uma delicinha!

5- Lá, depois do almoço eles tiram a cesta – uma ou duas horinhas de descanso. Ainda não entendi muito bem como funciona, mas se for almoçar muito tarde não rola. Aliás, costumeiramente nem se almoça, só se come um lanche. Então, acostume-se. E se for jantar, também jante cedo, porque depois das 22h (como é de costume aqui no Brasil) pode não ter mais nada.

6- Tem agua potável em todos os lugares: nas ruas, casas e restaurantes.

7- A cidade é limpa e super dog friendly, e eu achei o máximo. Cachorros podem entrar no trem, ônibus, bares e restaurantes. As pessoas são educadas o suficiente pra não deixar suas sujeiras e cuidar dos seus cachorros =)

8- Se puder coma Paella e arroz negro. Tem em muitos lugares, varia um pouco o preço mas é muito gostoso. Seguimos a dica de um amigo e comemos no Siete Puertas que é próximo ao bairro gótico e foi uma experiência bem saborosa.

9- Uma coisa que fizemos legal – e meio que fazemos em todas as viagens – foi ir no mercadão, comprar morangos  (que estavam divinos e custaram 2 euros a caixinha) e sentar no parque pra comer. Só paramos, vemos paisagem, vemos as pessoas e aproveitamos o tempo pra nós.

Snapchat-5035175978464789566

10- Coma churros! Diferente do churros daqui, os de lá são assados. Vende na rua recheado, mas se parar em algum cafézinho, vem um chocolate derretido pra mergulhar os churros. <3

Acho que é isso. Barcelona foi a cidade que amamos pelo transporte, limpeza, educação e carisma das pessoas. Mesmo com o frio e a chuva com que fomos recebidos, ainda volto pra passar mais uns dias por lá. Agora, surra de fotos:

Não perca semana que vem… Vou contar e mostrar algumas coisas que passamos e vimos em Berlim! Procura a tag #umlugaremaisnada no Instagram e acompanhe na página do Facebook também!

Deixe um comentário

Uma ideia sobre “Barcelona

  1. Pingback: Berlim - E mais nada | por Daya Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud