Quando…

rain

Quando nenhuma palavra amiga é o suficiente.
Quando boas notícias não causam tanto impacto assim.
Quando tudo é demais e uma coisinha boba vira a maior coisa do mundo. E você sente que está carregando o mundo nas costas, mesmo sem estar carregando nada importante.
Quando beber com amigos e se distrair não funciona. E quando a melhor companhia do mundo não significa estar bem acompanhado.
Quando se quer ficar só e o mundo não para de falar com você.
Ou quando você quer atenção de qualquer um, e todo mundo passa por você como se você não existisse, como se não importasse, como se ali não fosse seu lugar.
E talvez nem seja.
E quando todas essas situações vem juntas e a única coisa que te consola é não se consolar.

Lágrimas.

Quando só elas podem tirar toda a tensão e libertar de tudo que está sufocando.
Te livra do peso e te dá forças pra conseguir seguir e aguentar tudo que tem pra aguentar.
O choro contido, agora escorrendo pelos rostos, libertando as dores, angústias e inseguranças que a alma trazia, mas que depois de derramadas, trazem paz e forças pra continuar em frente.

As vezes só elas conseguem te fazer seguir.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud