Arquivo da tag: #30ideias30dias

Customizando xícaras

b41ae1ce28da84288ee8e8efdd0bbfe0Mais um projeto para o #30ideias30dias e dessa vez fui pra cozinha. Ok, várias vezes vou pra cozinha, mas dessa vez não foi pra cozinhar, foi pra customizar xícaras! Sim, tinha algumas (duas na verdade) xícaras em branco, e precisavam de uma vidinha.

Fazia um tempo que queria colocar alguma coisas nela, mas sempre adiei, mas tendo que ter despertar a criatividade em mais um dia, porque não fazer o que tava pra ser feito? O material é fácil e barato: uma xícara, uma caneta de marcar porcelana (comprei por R$10 numa papelaria) e um forno ETAA GIOVANAA. É legal também um papel carbono pra fazer o desenho, mas como eu só lembrei dele depois que já tinha ido a papelaria, fiz o desenho com canetinha – ela sai depois com uma lavagem.

Aí é fácil: escolhe o que quer escrever/desenhar, passa pra xícara e colocar no forno a 180ºC por aproximadamente 30 minutos… Mas fica de olho com as instruções que estão na caneta, pois o tempo de forno pode variar.

Eu procurei algumas frases engraçadinhas no Pinterest, e fiz uma letra mais trabalhadinha pra dar um ar meio hipster, mas vale qualquer coisa. Se depois de pronto você não gostar do resultado, tem que dar uma esfregadinha na xícara para sair a caneta, por isso é legal saber direitinho o que você vai querer.

Depois de customizar a xícara, me empolguei e decorei um potinho aqui também… Dá só uma olhada na galeria de como ficou legal:

 

Piknik FoodPark

Faz um tempo que essa onda de Food Trucks veio para São Paulo, e aparentemente, para ficar. Tem vários lugares que revezam uns “acampamentos” de Food Truck e dessa vez, aparentemente em um lugar mais fixo, o Piknik FoodPark em Pinheiros (R. Henrique Monteiro, 123) reúne vários carrinhos com muitas opções e um clima super gostosinho.

Eu sempre fico pensando em formas de não matar o domingo, porque todo mundo de alguma forma o vê com mal olhos. O domingo acaba sendo aquele dia cansado, esperando apenas o amargor da segunda-feira. Mas nem sempre precisa ser assim.

 

Esse domingo, fomos no Piknik FoodPark, que além do clima e comida, ainda é um dog friendly – o Pickles agradece! E mais do que sair de casa no domingo, pensamos em sair de casa e gastar pouco, porque ano de crise (e sem emprego), não tá fácil pra ninguém! Lá no food truck dá pra comer com até R$30 – comida e bebida – dependendo do que você gostar. E da pra ficar o tempo que quiser em uma mesinha jogando conversa pro alto.

Quando fomos, comemos hotdogs com salsicha alemã e tomamos uma cervejinha especial – porque domingo pode ser dia de cerveja também. Gastamos R$28 reais e ficamos bem felizinhos. Mas, como passamos muito tempo por lá, o cheiro da coxinha bateu e acabamos comprando uma porção e mais uma cerveja também!

O Pickles adorou ficar por lá, com muitas crianças brincando com ele. A limpeza das mesinhas é excelente e tem bastante variedade. Se não me engano lá fecha em torno das 22h, depende do movimento. Fica a dica pro seu próximo domingo não ser o mesmo de sempre.

Ibirapuera a noite

Uma coisa que nunca tinha feito era ter ido no parque a noite. O Parque do Ibirapuera aqui em São Paulo há um tempo fica aberto para o público até umas 22h ou 23h da noite, mas mesmo assim nunca tinha ido. Mais pela preguiça do que por qualquer outra coisa. Mas agora temos um cachorro, e nossa mínima obrigação é propiciar pra ele momentos de felicidade fora de casa, ou pelo menos um passeio no parque duas vezes por semana. E assim, com essa “obrigação moral com o Pickles”, depois de passarmos o dia fora, aproveitamos a noite e o levamos para passear no parque.

O parque a noite é meio sinistro, porque ele é bem escuro, obviamente tem muitas árvores e com isso, morcegos, e algumas pessoas aproveitam dessas árvores e escuridão para fazer vocês sabem o que (não é a toa que sempre encontramos umas camisinhas por lá). Mas também tem o pessoal que vai passear com a família, com cachorros ou correr. Então para quem fica na pista (nos lugares iluminados) o parque acaba sendo bem cheio, contrariando nossas expectativas.

Esse dia que a gente foi também estava rolando uma roda gigante em comemoração ao Dia das Crianças feat Outubro Rosa, o que contribuiu para o parque estar mais cheio do que o normal. Mas o que curtimos mesmo foi essa possibilidade de ir em um lugar que gostamos bastante, em horários alternativos e ainda assim com segurança (tem muitos lá dentro rondando o parque).

Esse dia já tinha tido uma ideia pra tag #30ideias30dias, porém como achei bem legal o passeio e a “novidade” para nossas vidas, resolvi incluir essa ideia também. E pra quem fala que nunca tem tempo de ir ao parque, taí uma boa opção.

 

Ainda sobre Maresias

Como contei anteriormente aqui, fui viajar pra Maresias com as amigas por 3 dias, e nesses dias de praia, além de muita conversa – sérias ou não, bebidas – cerveja, skol beats e chá gelado – e risadas, muitas risadas, para me ajudarem no #30dias30ideias, e principalmente ajudarem a fazer eu perder um pouco a vergonha, as meninas gravaram comigo um vídeo.

O assunto? Nenhum, ou todos… To em dúvida. Divagamos sobre o que vinha na cabeça, o que passava na praia, o que vivemos por lá… Enfim, o vídeo vai parecer desconexo (até porque está mesmo), mas está bem engraçado e tá com a cara da gente que é o mais importante. E também tá curtinho, então não se preocupe em ficar muito tempo olhando pra nossa cara.

Então, pra quem nunca foi pra praia com a gente (todo mundo) e quiser viver um assunto nosso de praia, só dar o play. E sem julgamentos! hahaha. Agradeço as minhas tiriças lindas pela gravação. Não foram apresentadas no vídeo, mas Paula e Pri, obrigada pela viagem e por tudo 😉

Ah, e se curtiu, não esquece de dar um LIKE no vídeo, se inscrever no canal e seguir também nas redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram | Snapchat: dayalima.

Moldura Friends

Friends é uma série que acompanhou a vida de muita gente que nasceu nos anos 90. Tem os que amam (que nem eu), os que não veem graça e os que também não sabem do que se trata. Eu sempre assisti Friends, tenho meus episódios favoritos, sei muitas falas de cor e sempre gostei da casa deles (acho que todo mundo também).

E todo mundo que é fã, sempre quis ter uma moldura na porta no olho mágico que nem a Monica Geller tinha. Procurei em vários lugares para comprar, e essa moldura não saia por menos de 50 reais. Aí procurei como fazer, e saia bem mais em conta (claramente). Aí, como precisava PRE-CI-SA-VA dessa moldura em casa – e ainda uma boa ideia pro #30ideias30dias – resolvi colocar a mão na massa e fazer a minha moldura.

Mas claro que eu procurei uns passo a passo na Internet, e o que segui e achei mais bem explicadinho foi esse aqui:

O meu passo a passo foi só registrado em fotos, mas ficou bem legal também. Dá trabalho? Dá sim… Mas acho que gastei com tudo uns R$15 (biscuit já amarelo e tinta), dá um pouco de trabalho mas valeu o exercício de criatividade e o resultado final da moldura de Friends: