Arquivo da tag: André

E teve mais uma tattoo

Antes de irmos embora do Brasil, eu e o Fábio estávamos com a ideia fazermos uma tatuagem. Pelos vários motivos que tínhamos em nossa cabeça, em nossas vidas e principalmente porque gostamos de tatuagem. Mas acontece que de uns tempos pra cá, fazer uma tatuagem bacana virou sinônimo pagar muito dinheiro. Não é ruim que as pessoas valorizem sua arte e cobrem pelos seus desenhos e trabalho, muito pelo contrário, mas acaba sendo inviável pagar no mínimo R$ 1000 em UMA tatuagem de cerca de 10 cm. Sim, em SP tá mais ou  menos esse preço e é preciso procurar muito pra achar um tatuador com um trabalho bacana e a preços que cabem no bolso.

Eis que na busca, reencontrei o tatuador que fez minha primeira tatuagem, o André. Como já conhecia o trabalho dele, foi mais fácil escolher. Combinamos um dia de ir no studio, conversamos sobre a ideia da tatuagem, conhecemos o studio que ele trabalha agora e fechamos um valor SUPER amigo <3 O André é um cara super tranquilo, combina um preço que cabe no bolso, tem o traço muito foda e umas ideias super interessantes. Eu gostei (mais uma vez) do trabalho dele e super indico o studio First Line (Rua Casa do Ator, 675, Vila Olimpia)

Como gostamos bastante, achei bom compartilhar, porque né!?
Agora, chuva de fotos da tattoo nova.

BTW, se alguém tem dica de algum studio deixa nos comentários, pois é sempre bem vindo! <3

A primeira a gente não esquece….Tattoo gente!

tattoobunda

Essa bunda não é minha….

Sempre gostei de tatuagens e sempre achei bonito e legal quem tem desenhos… Inclusive, sempre que alguém quer fazer eu me enfio no meio na conversa, gosto de ver os desenhos, os significados, dou os meus palpites e vejo depois que tá pronta!

A uns 5 anos atrás decidi que queria fazer a minha primeira (primeira sim, porque quero ter muitas ainda) e ai começou a escolha do desenho. Queria fazer várias coisas, e queria vários significados que mostrassem um pouco quem eu sou… Impossível! Porque sou muitas coisas (entre boas e ruins) e não tem o desenho de tudo junto….

Cheguei a conclusão que queria uma phoenix, pelo significado, pelo desenho e principalmente pelo rabo que acho a coisa mais linda! O lugar, nas costas…. E ai, começou a caça pelo desenho que me deixaria feliz. Pegar esses desenhos de tattoo pronta na internet e querer que a sua saia igual, é uma tarefa difícil, mas dá pra ter uma noção do que você quer e as cores que você quer.

phoenix

Minha phoenix!!!

Eu quis uma tatuagem relativamente grande, e escolhi o desenho preto e branco porque pelo meu tom de pele, achei que ficaria estranho (erro meu, mas o efeito sombreado ficou bem bom). O próximo passo seria achar o tatuador, e isso foi complicado. Várias indicações, e os preços nem sempre tão bons pelo tamanho que queria. Alguns queriam alterar o desenho, outros queriam aumentar as sessões. Até que depois de uma busca na internet, achei um studio perto de casa e um tatuador (que fez tattoo na Ana HIckman) que pareceu bacana: Tattoo Yes!. Fui no studio conhecer seu trabalho e falar com ele – o Andrézinho. Ele me deu algumas ideias e dicas e topou fazer, do jeito que eu queria, do tamanho que eu queria, e o melhor…num valor acessível!

Duas semanas depois estava lá para o ultimo passo: começar a tattoo! Duas sessões de 2 horas mais ou menos. Dói, mas nada absurdo, mas dói! Aquela dor que incomoda enquanto tá rolando. Quando o Andrézinho cantou “Acaboooo A-ca-bo!”

500px-CareNewTattoo-Step-3Tratar a tattoo com pomada, bandagem e aguentar depois o coça coça é dureza também! Mas no final, ver que o desenho que você escolheu, ficar exatamente do jeito que você escolheu é muito bom! E depois ficar namorando a tattoo como se fosse roupa nova, e saber que aquilo faz parte de você agora, também é demais.

Apesar da desaprovação da família, muito mais importante eu ter gostado do que eles, e como eu consigo separar bem isso e fazer o que eu gosto, deixei os comentários pra lá e logo fiz outra… Mas essa fica pra outro post…

Ficam as dicas aqui, dicas muito óbvias mas sempre bom lembrar:

  • Escolher o desenho e as cores e levar para “discutir” com o tatuador, pois ele saberá como ficará melhor e mais destacado no seu corpo.
  • Pensa que o desenho vai ser “pra sempre”, e que você pode enjoar dele…
  • Escolher o tatuador e seu studio pra ver se tudo anda nos conformes, e bom ver também o trabalho do tatuador, pra ver se o traço dele condiz com o que  você gosta.
  • Cuidar depois é super importante, pra não inflamar e não estragar o desenho, não só quando desenha, mas passando protetor e hidratante na pele, pra não ressecar.

Fica a dica do tatuador da phoenix aqui.