Arquivo da tag: começo

começando no meio

a gente gosta de marcos né?! início e fim sempre são importantes. o ano começou já faz um tempo – e muita coisa já aconteceu por ai, até quase uma terceira guerra mundial. e eu sempre espero começar o ano com a energia que os inícios propõe. mas esse ano não rolou. já comecei o ano numa rotina diferente, com visita em casa, fora do comum; não senti que o dia primeiro fosse realmente o começo. e mesmo depois que que ela foi embora, o que era pra ser “O” começo, virou só o começo de um resfriado. ainda assim tentei forçar uma rotina, ainda que devagarinho tentando começar a listinha de “metas do ano”, mas simplesmente não ia. o que veio com isso, foi um resfriado ainda mais forte, levando embora todo o restinho de vontade e empolgação que eu tava tentando manter vivos. fui “obrigada” a ficar quietinha, a cuidar de mim, cuidar do meu corpo (e porque não da mente também). o corpo manda sinais, e decidi me deixar descansar. o começo as vezes é de descanso. o corpo/mente precisam do que precisam, não entendem o calendário gregoriano. aprendi e tô aprendendo ainda a dar espaço e tempo pra mim mesma, sem cobranças que normalmente saem só da minha cabeça. e aí que só agora no começo de fevereiro (já se foi 10% de 2020) que minha energia vai se fortalecendo e ganhando mais potência e, me sinto mais a vontade (e mais consciente) para retomar e recomeçar minha rotina e trabalhar nas minhas metas pra esse ano- mas talvez não tão ao pé da letra.
seguimos em 2020… começando.

Mais um começo…

images

Tentando ver o lado cheio do copo e ser positiva…. Não saindo da realidade, mas dentro da normalidade anormal que vivemos, vou divagar hoje que nem o Pedro Bial.

Não com a mesma popularidade é claro, mas quem sabe algum dia algum trecho desse texto apareça no Facebook como uma frase motivadora para o seu dia… Ou apareça o nome do Bial embaixo, para que as pessoas deem mais atenção. Obviamente que não escrevo nesse intuito, mas espero que pra quem leia, sirva no mínimo para uma reflexão, ou que seja o tema polêmico da próxima novelas das oito…. Enfim….

Estava analisando entre um copo de cerveja e outro, que tudo que a gente vê como um fim, na verdade devia ser visto como um começo…. O fim de um copo de cerveja, que pode significar o começo de um novo, o fim de um projeto que dá início ao próximo, o fim de um relacionamento que pode significar o começo de uma nova jornada, o fim de um livro que pode mudar toda uma forma de pensar, o final de uma semana turbulenta no trabalho mas o começo de um fim de semana maravilhoso, com sol e expectativas.

tumblr_mkjrb75wJW1ql734to1_500

Como a Maria Rita diz em uma de suas músicas: “o trem que chega é o mesmo trem da partida”… todo começo significa o fim de algo e vice versa. Não se pode ter as duas (ou N) opções que a vida nos dá e pra seguir em frente se precisa abrir mão de algumas coisas…

Conseguir enxergar um recomeço é mais importante (e talvez mais difícil também) do que vivenciar tudo como se fosse o fim… Abrir a mente e o coração para novas experiências e saber quando e como se entregar a elas é tão importante quanto viver o previsível e escolhido.

Tudo é uma questão de conseguir ver o copo meio cheio dessa vez, conseguir enxergar o lado positivo, conseguir ser um pouco mais racional…  E hoje também é um novo fim, cabou o fim de semana e mais uma semana começa, pode ser difícil ou não tão difícil assim, a escolha é sua. Mas isso pode também não fazer sentido nenhum, afinal de contas isso é só uma reflexão de mesa de bar, de alguém que bebeu demais…