Arquivo da tag: escroto

Não seja um adulto escroto!

Eu não fui uma dessas crianças que leu o Pequeno Príncipe na infância, e vi algum post no twitter que esse livro não é só pra criança, mas pra todo mundo e pra qualquer momento da vida. Tipo, você pode ler o livro criança, adulto, mais adulto, velhinho e tirará um significado diferente, uma lição diferente.

Fiquei pensando nisso, e como não tinha essa memória da infância, resolvi ler o livro de adulta mesmo e tirar as minhas impressões. A história do Pequeno Príncipe acho que todo mundo conhece, mas caso não é mais ou menos assim:

Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida.

Daí você já vê que quando é criancinha, as lições que você tira já são diferentes das que você tira quando é adultinha. Eu não acho que é um livro pra criança ou eu não era uma criança que conseguiria digerir esse livro. Mas como adulta, nesse momento da minha vida, tirei muitas coisas a se pensar e para refletir antes de dormir.

apesar-de-parecer-um-chapeu-o-desenho-mostra-uma-jiboia-que-engoliu-um-elefante_

E chapéu por acaso tem olhinho?

Lições que aprendi com essa primeira leitura: Não seja um adulto escroto! E quando você lê o livro e identifica que é puramente verdade o que tá ali… Quando a gente vira adulto, a gente passa a dar valores pra um monte de coisa que de repente não é nem o que a gente quer de verdade, a gente passa a fazer coisas que nem sabe o que tá fazendo mas “tem que fazer”, a gente não enxerga mais o mundo com olhinhos puros e criativos porque não é normal pra um adulto ser assim. O adulto tem uma postura a zelar.

Fica lá acumulando milhões de estrelinhas e não tendo tempo pra fazer nada, sem sentido nenhum. Fica lá ascendendo e apagando lampião sem necessidade nenhuma e morrendo por causa disso. Fica lá querendo que todo mundo te elogie por qualquer motivo só pra tirar o chapéuzinho.

Adultinhos acham que a flor é qualquer flor, e não sabem ver o que a torna única, sabe porque? Porque adultinhos sempre tem que estar ocupados demais, sempre tem que estar sérios demais, sempre tem que estar fazendo alguma coisa que é muito importante pra você entender. E ai, sabe o que acontece na vida desses adultinhos? Nada… Porque os adultinhos não cativam ninguém, e ai ficam lá sozinhos, cada um no seu mundinho.

o-pequeno-principe-70-anos
Então, não sejamos adultos escrotos que nem os do livro. Vamos nos libertar dessas importâncias desimportantes, dessas tais obrigações e dessa necessidade de acumular valores ou elogios que não tem significado nenhum pra gente. Vamos ser adultinhos que prezam pelas amizades, pelos sentimentos e pelos nossos sonhos. A vida vai ser bem melhor… Vamos procurar o nosso “tesouro” e pelo amor de Deus, pra quem passar pelo deserto da Africa, procurar também o Pequeno Príncipe <3

“Os homens de teu planeta cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim… E não encontram o que procuram. E, no entanto, o que eles procuram poderia ser encontrado numa só rosa,ou num poço de água.
Mas os olhos são cegos. É preciso ver com o coração.”