Arquivo da tag: Fotos

Beco do Batman

Eu vejo muitas fotografias com fundos coloridos e muros bonitos e dia desses (faz um tempo na verdade), descobri que o Beco do Batman – aqui em São Paulo – é um ótimo e super utilizado cenário para essas fotos. Confesso que tenho um pouco de vergonha de ficar tirando fotos por aí ou fazendo pose de blogueira de moda, que inclusive quando eu fui visitar, tinha gente pra caramba fazendo isso.

Fui sem minha câmera, mas a gente sempre tem um celular as mãos, não é mesmo? Como tava ali pertinho, não pude perder a oportunidade de conhecer. O melhor caminho pra chegar de metrô é pela estação Fradique Coutinho, mas de lá ainda se andam uns 15 minutos. O endereço certinho é esse aqui: R. Gonçalo Afonso, na Vila Madalena.

O Beco é pequeno – claro, é um beco né? -, mas as artes na parede e até no chão são muito legais e tem para todos os gostos. Os desenhos são renovados de tempos em tempos pelos grafiteiros e é super disputado, então o legal é sempre que puder passar por lá para ver o que tem de novidade e tirar novas inspirações, e novas fotos porque não.

Minhas fotos estão um pouco tímidas demais mas, isso me motiva a voltar lá e ter a cara de pau que não tive de ficar desfilando com a câmera no Beco.

Maresias – HD São Paulo Open

Aparentemente, entre os dias 02 e 06 de novembro (de 2015), rolou o HD São Paulo Open (etapa da competição que dá acesso à elite do surf mundial) em Maresias, e coincidentemente estávamos por lá também nessas datas. E foi absoluta coincidência mesmo, porque eu não entendo nada sobre surf, não sei (ou melhor, não sabia) a cara do Medina e não tava entendendo muita coisa.

Mas um grande evento, sempre é interessante ir e conhecer. Apesar do mal tempo, eu, minhas amigas e minha câmera fotográfica, fomos lá ver os acontecimentos. E para nossa surpresa, tinha muita gente naquele local plenas terça de manhã.

Muitos surfistas, muitos gringos e muita gente curiosa (assim como a gente). O campeonato tinha uma infra bem bacana e muitos fotógrafos profissionais. Minha ideia, para o #30dias30ideias, era ir lá fotografar, mas me senti muito “tchonguinha”, com milhares de profissionais por lá, então acabei indo mais pra aprender e curtir o momento.

O que aprendi? Bom, os surfistas fazem uma dancinha antes de entrar na água (o que deve ser o aquecimento), cada bateria dura 30 minutos, as ondas não precisam ser grandes – tipo 3 metros de onda – acho que só precisam ser completas ou longas, o mal tempo não atrapalha o campeonato, afinal o que é uma chuva pra quem tá molhado?! E acho que foi só isso…

E, apesar de não posar de fotógrafa por lá (admito que por vergonha de amadora), tirei algumas pra aproveitar o passeio:

Rio de Janeiro


Desde a primeira vez que fui ao Rio, me apaixonei por ele. Todo mundo sempre dá uma arregaladinha de olho quando falo que vou pro Rio, me manda tomar muitos cuidados e não levar muitas coisas pra praia, mas na verdade o Rio não me deixa tão insegura quanto outras cidades do Brasil. Não me entenda mal, não estou dizendo que o Rio de Janeiro é seguro, mas não é tão perigoso como muitas regiões de São Paulo. Como diria meu antigo chefe, quem tem medo do Rio normalmente tem a cara de assaltado hahaha.

E desde quando comecei a visitar o Rio, não parei mais, e sempre procuro ir pra lá uma vez no ano. No ano passado, acho que chegamos a ir umas 5 ou 6 vezes, mas esse ano (ano de crise hahah), acabamos indo só duas vezes.

Vista da Marina da Gloria

Nas primeiras vezes eu fui bem como turista, subi no Cristo, fui no Pão de Açúcar, tirei fotos com a estátua do Drummond, fui em todas as praias conhecidas, comprei biscoito Globo, subi o morro, comi empada… Enfim, fiz o que todos os turistas fazem, mas as ultimas vezes vamos conhecendo o Rio como cariocas, e tentamos fazer passeios do dia-dia e aproveitar mais a cidade.

Essa ultima vez, entretanto, como era meu aniversário, acabamos sendo um pouco turistas. Fomos tomar um brunch no Forte de Copacabana – que é muito mais fila e fama do que o que realmente é, fomos em um pub pop pra comemorar a noite – tem cervejas especiais, hambúrgueres ótimos, porém não tem cara de pub que nem os de SP –  e, passamos o dia na praia na tentativa de nos bronzear – intercalando entre Copacabana e Ipanema (poxxto 9). Mas a cada ida ao Rio, renovo minhas energias e sei, que em um futuro, vou morar lá por um tempo! E pra essa viagem, vai mais uma pra conta do #30ideias30dias – que já está no final!

Fotos dessa estadia, porque não…

Mais uma câmera pro mundo

Sempre gostei de fotos, tanto de aparecer, quanto de tirar. Sempre juntei dinheiro das minhas mesadas pra comprar filme pra câmera e no final do ano tirar fotos com os amigos de classe. Quando a novidade foi todo mundo ter uma câmera digital, eu insisti muito pros meus pais comprarem até que ganhei uma de Natal. Até cheguei a um momento da minha vida a fazer um book  (alta e magra… porém cheia de espinhas) e também tinha um daqueles fotolog.net. Por fim, em algum momento minha câmera foi roubada mas aí todos os celulares hoje em dia tem excelentes câmeras, não é mesmo? Então eu sempre estou com uma câmera por perto, ou pelo menos tentando…

Bom, agora que eu cresci (?), uma das minhas vontades era ter uma câmera semi profissional. Quero (e vou) aprender a tirar fotos lindas e sai jogando elas pro mundo sempre que der. Por um preço amigo, frente a essa crise que estamos passando, comprei uma Nikon D90. Mas, não seria tão fácil mexer nela e sairem as fotos tão perfeita logo nas primeiras tentativas. Então, eis que em um dia de sol, um amigo que manja dos paranauê me ajudou com alguns recursos e técnicas para minhas fotos ficarem com o mínimo de decência.

E como câmera, parque e um cachorro são um prato cheio pra um dia livre, inspirativo e criativo, mais um pra tag #30ideias30dias. E gente, não é por nada não, mas olha só a evolução das fotos:

 

Você pina como eu pino?

Sou dessas malucas que quando encuca com algum tema na cabeça, estressa o assunto até não cair mais uma gotinha. E normalmente recorro ao Pinterest pra isso, que é salvador da vida. Pra tudo que você procura tem lá alguma ideia… Decoração, cabelos, moda, combinações, TUDO!

Pra quem não sabe, Pinterest é uma rede social que compartilha fotos e todos os tipos de fotos. Você pode fazer busca de acordo com o que você quer (normalmente eu faço as buscas em inglês e com varias tags, pra ficar mais específica a busca), ou você pode efetuar a busca por categoria (Moda, Humor, Homem, Mulher, Música, etc.).

pinterest 2

E ai, meus amigos, começa a diversão hahahaa. Você pode criar vários boards para salvar as fotos que você mais gosta de determinado assunto e assim fica mais fácil de acessar as suas fotos preferidas de determinado tema. E ai quanto mais pessoas você seguir, mais novidades e mais variedades de fotos aparecem pra você.

maravilhoso pra quem quiser dicas e inspirações dos mais variados temas e assuntos. Pra quem já conhece e pina lá assim como eu pino, me segue também e pega algumas inspirações nos meus boards!

pinterest

Dos meus boards que mais costumo pinar, são os:

  • Gatos e suas modas, que é um board colaborativo pra todos os gatos que me seguem, com algumas dicas de estilos, roupas e cortes de cabelo.
  • Moda com minhas roupas, que é o board salva vidas, que sugiro que todas as pessoas tenham. No Pinterest tem muita inspiração de fotos e estilos e sempre que vejo alguma foto que tenha alguma peça de roupa que seja parecida com meu guarda-roupa, já salvo para que mais tarde ela salve o meu look. É maravilhoso para dias sem inspirações.
  • Cabelos, que como o próprio nome diz, pra dar ideias de cabelos. Esse é o board mais alimentado ultimamente porque tenho procurado foto de cortes pra sair da mesmice e pinturas. Ah, é bom também que sempre tem um jeito salvador pro bad hair day, ensinando a fazer coques e tranças incríveis!

Agora é só acessar e começar a procurar suas inspirações, seja pro quarto, sala, cabelo, maquiagem… Dá pra perder muitas horinhas se inspirando!