Arquivo da tag: hamburguer

Hambúrgueres

Quando a gente alugou esse apartamento, um dos pontos positivos (além de ser perto do metrô) foi o fato de ter uma mini churrasqueira da varanda. Sempre gostamos de reunir amigos ou família pra passar uma tarde comendo churrasco e tomando cerveja. Uma certa vez, inspirada no Vinil Burger (uma das melhores hamburguerias de São Paulo), resolvemos trocar o churrasco pelos hambúrgueres – nossa comida favorita!

Pra fazer uma graça, fomos em uma padaria aqui perto de casa que tem bastante variedades, e compramos pão australiano para fazer alguns dos hambúrgueres. E pra fazer uma graça ainda maior, nos arriscamos e fizemos uma maionese de wasabi – e ficou tudo de bom, viu?

Sem segredos para fazer o hambúrguer, basicamente comprar carne moída da sua preferência (que tenha um pouquinho de gordura pra dar uma liga), temperar com cebola e alho e se gostar pimenta. Daí só fazer as bolinhas e dar uma apertadinha, mas nunca demais pra não tirar o suco da carne. Por fim, carvão já no jeito, só colocar os hambúrgueres na grelha e o sal por cima.

Achou as dicas meio “rasas”? Aqui nesse site tem passo a passo maravilhoso de como fazer um hambúrguer artesanal perfeito! Fácil… E ainda fizemos batata rústica de acompanhamento e claro, cerveja! Ah, esse dia também arriscamos uma caipirinha pra estrear o potinho desenhado. Fotos? Temos sim…

Vapor Burger

Tô longe de ser chef gastronômica, mas se tem uma comidinha que eu gosto é hambúrguer… E sempre que posso vou pulando de hamburgueria em hamburgueria pra poder experimentar esse alimento que eU bEm CoNhEçO e AdMiRo PaKaS! Já fui em muitas boas (os três primeiros lugares do prêmio Veja Comidas), e a ultima que fui e tirei fotos pra divulgar é o Vapor Burger.
image

Fica na Vila Madalena- SP, mais exatamente na Fradique Coutinho, 1464. Fui com meu namorado no meio da semana, num horário próximo das 19h, e estava bem vazio (únicos clientes). Aos poucos foram chegando outros casais, mas ainda assim não chegou a lotar… Não sei como seria em um fim de semana, mas tem bastante mesas por lá.

Foi por volta de 1920, no estado americano de Connecticut, que surgiram os primeiros ‘hambúrgueres’ no vapor. A técnica regional elimina parte da gordura da carne, preservando o sabor e a suculência, e dá ao queijo uma textura cremosa.

Casa bem arrumadinha, banheiro nas ordens e garçons bem solícitos (não sei se porque tava vazio), começamos a olhar o cardápio. Petiscos de entrada não são os tradicionais, o que me deixa decepcionada, gosto de comer hambúrguer com batatinha/onion rings. As batatas com cheader e bacon eram bem pesadas pra uma entradinha… Então meu voto é: não pegar.
image

Indo direto ao hambúrguer: pedi o #Bacon (hashtag bacon pros leigos), porque tudo que tem bacon tem amor <3. Não é possível escolher o ponto da carne, porque como é feito no vapor (não sei como) ele fica ao ponto. Aparência boa, carne macia e realmente suculenta. Não é gordurosa e tem o seu sabor.

image

Vale a pena experimentar pois é diferente dos hambúrgueres na chapa, na grelha, da frigideira… Mas eu não achei o melhor, melhor do mundo, sou gorda e gosto de sentir o sangue pingando da carne mal passada! Mas super vale experimentar. A nota final fica na média, considerando sabor, ambiente, atendimento e inovação.

medio

 

Drops da Semana

23-03

Semana passada foi marcada pela volta ao álcool na minha vida na semana… Tentei equilibrar com academia, mas a bebida venceu 🙁 Na quarta-feira fomos visitar um casal de amigos, fizemos hambúrguer, tomamos cerveja, vinho e o que mais tivesse e falamos mais do que a boca… Quase viramos a noite lá, mas foi extremamente relaxante e engraçado e ajudou a engrenar o resto da semana…

Na sexta foi dia de comemorar várias coisas com meu amor s2s2s2 e fomos no Torero Valese… Para nossa surpresa, essa semana tá rolando o Restaurante Week e comemos bem, pagando menos… Claro que foi acompanhado de vinho <3

Sabadão teve formatura da minha prima que carreguei no colo e coloquei pra dormir. O tempo passa minha gente… era criança ontem e agora já ta formada! Que orgulho! Daí não tinha como não beber, comer e dançar muitooooo… O que me fez dormir por 10 horas seguidos e acordar no domingo depois das 14h.. Ai bateu aquela vontade forte de comer doce veio forte, e aproveitamos pra conhecer mais um cafézinho da nossa lista, o Leckerhaus (vou fazer post sobre o lugar).

Toda essa gordura desperdiçada fez minha pochete se manifestar fortemente, então vou voltar pra academia fortemente essa semana!

Z-Deli Sanduiches

Sanduiche-iche! Esses dias tava na fúria imensa de ser gorda e precisava (precisoooo) de um hambúrguer! Mas não esses furreco do MC – até porque faz mil anos que não como MC – um hambúrguer de categoria! Eu sigo um perfil no Instagram o fabmoon e ele sempre vai em lugares muito legais e posta coisas que atiça qualquer gordinha e eu tinha visto uns hambúrgueres monstro lá e depois de fuxicar achei o Z-Deli Sanduíches!

image

Localizado na Haddock Lobo, 1385, o Z-Deli é uma sanduicheria piquitica, que cabe no máximo 15 pessoas, entre mesas e balcão…. Então sempre tem uma esperinha por lá. O dono ( ou quem pareceu ser o dono) ficava lá por perto, ajudando garçons em meio ao movimento constante das pessoas entrando e saindo.
Uma coisa importante, não tem banheiro. Então atenha sua vontade de fazer xixi, pois senão será necessário recorrer aos restaurantes ao lado.

image

Os preços não são tão caros, em torno dos 30 dinheiros você consegue comer um hambúrguer saboroso e por algumas moedas a mais, você consegue acrescentar alguns ingredientes.
A entrada de batatas fritas com maionese especial é fundamental para acompanhar uma Brooklin antes do hambúrguer chegar. Apesar das varias reclamações de atendimento que li no 4square, acho que fui numa noite impar, onde fomos bem atendidos e a comida chegou rapidinho.
Hambúrguer de Jalapeno é bem picante e o “ao ponto” do hambúrguer vem com o meio vermelho (do jeito que eu gosto)!
E pra fechar a noite, não se pode sair de lá sem provar o cheescake com calda de morango azedo, que é uma delicia!
Apesar do lugar ser pequeno e acolhedor, não é muito confortável, mas com certeza dá pra passar umas horinhas comendo bem e tomando uma breja!

image image

image image

Nega Gourmet!

Gente, eu sei que não sou uma cozinheira de mão cheia, até porque né, sou formada com TI… Mas aprendi a cozinhar desde cedo e tenho umas noções básicas… De vez em quando baixa o exú em mim, vou pra cozinha e até que sai umas coisas boas! Daí, dessas coisas boas que aparecerem vou aproveitar e divulgar aqui no blog, pra alguém se sentir inspirado e ir pra cozinha também!

A ideia é falar de coisas rápidas, praticas e baratinhas, até porque se mudar alguma condição dessas eu não consigo fazer hahaha. Quero ver se mais pra frente, aproveito a goPro pra fazer vídeos também, mas por hora vamos ao tutozinho com fotos.

A receita de hoje, foi que fizemos no fim de semana, HAMBÚRGUER GOURMET.

Primeiro, os ingredientes:

  • 500 gramas de carne moída – de preferência fraldinha, que fica bem bom.
  • 1/2 cebola picada para cada 500 gr de carne moída, porém se quiser mais ou menos, é completamente a gosto do freguês.
  • 1 dente de alho picado – também a gosto.
  • 2 colheres de café de sal – eu coloquei 2 e acho que ficou um pouco salgado, colocaria um pouco menos, mas também fica a gosto.
  • Pimenta a gosto.

ingr1

Gente, nem tem muito segredo… Pega todos os ingredientes e mistura. Na verdade, ao invés de segredos tem umas dicas:

  • Quando for misturar tudo, não misturar demais para não fazer aquela pastinha com tudo, pois a carne fica menos saborosa.
  • Quando for fazer a bolinha do hambúrguer e depois dar uma amassadinha, também tentar não amassar demais pra carne não ficar seca. Quanto mais ar e mais “molhadinha” estiver, o hambúrguer ficará mais saboroso.

IMG_20140202_211704

Depois de misturar e fazer a forminha do hambúrguer, basta preparar ou a frigideira ou a chapa ou o grill. No meu caso foi no grill, primeiro porque tô evitando frituras e segundo que fica menos bagunça.

  • A dica agora é esquentar bem a chapa/grill de forma que quando se coloque a carne, faça aquele barulhinho (tsss).
  • Pro hambúrguer ficar no ponto, basta deixar 3 minutos de um lado, virá-lo cuidadosamente, e mais 3 minutos do outro lado.
  • Para deixar um pouquinho mais bem passado, só acrescentar mais um minuto de cada lado.

IMG_20140202_212157

Daí é só montar o lanche, no meu caso foi pão com maionese, salada de alface e tomate e fim! O lanche ficou assim:

IMG_20140202_213820

Fazer o hambúrguer em casa fica muito mais gostoso e muito mais saudável! Pra quem puder, vale a pena e nunca mais vai querer comer os hamburguinhos da vida…E ai, gostaram!?