Arquivo da tag: hotel

Búzios

Mais um pouquinho das férias, e dessa vez contando sobre Búzios… Fomos em Dezembro, época de sol, calor e clima de azaração. Antes de mais nada, uma observação sobre Búzios: Lá é composto por 80% de argentinos, 10% cariocas e 10% de turistas. Sim.. muito argentino lá.. Tanto que tivemos que fazer uma busca pra saber o porque, e aqui está!

PANO_20131225_104830

Bom, Búzios fica na região dos Lagos no Rio, o que demora cerca de 3 horas de ônibus pra chegar. Não tem aeroporto e malemá tem rodoviária… Pra chegar lá, ou fecha-se pacotes de traslado por vários serviços que tem no hotel ou no aeroporto, ou da Rodoviária do Rio pega-se o ônibus da Viação 1001. Facinho! Dá pra comprar pela internet, e os ônibus saem de hora em hora (pelo menos em Dezembro foi assim). E claro, sempre se tem a opção de ir de carro… Mas aviso que a gasolina lá estava cara 🙁

IMG_20131225_104823

3 horas depois, estávamos lá, e o tempo não foi muito amistoso. Mas depois da tempestade, veio muito sol e calor e valeu a pena cada minuto na armação! Ficamos 5 dias lá, e acabamos não conhecendo outras praias… Ficamos na praia de João Fernandes, uma das praias que o pessoal mais gosta de ficar, por ser bem tranquila (em quesito de pessoas e do mar) e pequenininha, sendo mais reservada.

A praia limpíssima, que dava pra ver peixinhos da borda, nadando no meio do povo! Fizemos (ou tentamos) fazer stand up, e quando se está mais pro fundo, dá pra ver umas tartaruguinhas nadando por lá <3 Tudo que você pensar em comer nas barraquinhas é caro! Sim.. Búzios é uma cidade muito cara e pra comer qualquer coisa, você não gastará menos de 50 reais por pessoa.

IMG_20131225_140742Ficamos no Hotel Rio Búzios – Beach (também tem a Rio Búzios Boutique que é da mesma rede) e não tenho nem o que falar sobre ela! Pousada muito boa, desde o atendimento, até as acomodações. Pegamos o quarto basiquinho (standart) e era grande, com sacada de frente pra rua, bem arejado e completo. O hotel inclui serviço de café da manhã, que apesar de não ser nada demais, nos satisfazia bem. Conta também com academia, piscina aquecida, restaurante e bar.

Além de visitar as outras praias (que não fizemos), tem o centrinho, a Rua das Pedras, que vale o passeio. Além de todos os restaurantes bons da cidade estarem lá, ainda tem muitas opções de lojas conhecidas para fazer compras. O centrinho é bem organizado, limpo e sempre tem um policial por lá, o que deixa as coisas mais tranquilas ainda. Uma coisa curiosa sobre Búzios, foi o fato de nenhum táxi trabalhar com taxímetro e fazer sempre corrida com preço de R$15, independentemente do lugar que você vá. Não sei se é curioso ou enganação mesmo, mas isso foi comum e válido para todos os táxis que pegamos.

Super vale a pena visitar a cidade, e quem for com mais tempo e paciência, visitar as outras praias… A gente estava mais pra descansar, aproveitamos a praia e o hotel! Prepare os bolsos e o protetor solar pra aproveitar os dias de sol intenso que o verão proporciona! Ah, e fique atento apenas com previsões de chuvas que castigam a região dos lagos essa época do ano. De resto, só abrir a água de coco, esticar a canga e aproveitar a viagem 🙂

San Francisco

wpid-IMG_3695.JPG

Primeiramente, sei que to toda atrasada nos posts, mas vou colocando aqui aos poucos da viagem, intercalando uns outros posts do dia-dia no meio pra que não fique aquela coisa “viagem, viagem, blá, blá” e também pra dar tempo de eu escrever, colocar fotos e não fazer tudo de qualquer jeito… Advirto também que os posts serão grandes então, pfv paciência, eu gosto de escrever bastante.

Começamos a viagem em San Francisco (fizemos o tradicional trecho Californiano: San Francisco – Los Angeles- San Diego – Vegas) e como a viagem era longa, deixamos o primeiro dia pra viagem. Claro que o vôo atrasou, o dia passou, chegamos morto de cansados e o máximo de força que tínhamos, depois de 20 horas de vôo, usamos para tomar banho e dormir. O lugar que ficamos foi bem bacana, no Union Square, bem próximo ao Chinatown… Não lembro o nome do Hotel, mas achei uma fofura! Quarto com calefação, nem pequeno nem grande, com uma banheira pra uma pessoa e tudo bem bonitinho! Aliás, pra chegar até o Hotel, tínhamos 2 opções: primeiro, no aeroporto você pode pegar o BART que é tipo um Metrô que cobre parte da cidade (pra saber mais dicas sobre o BART clica aqui e aqui) ou pegar um Transfer para ir até o hotel.

IMG_3674[1]San Francisco no verão tem as máximas variando entre 18º C e 20º C, sendo que a noite venta bastante, então blusas são bem vindas, e pra quem é mais friorento que nem eu, luvas e cachecol são bem aceitas! Começamos a viagem na segunda-feira, e o dia tava bonito, apesar do frio. Fomos tomar café umas 10 h e por estar bem pertinho (o que foi dica de alguns blogs), fomos no Sears Food. Um lugar bastante acolhedor e bem cheinho até, mas apesar disso, fomos recepcionados rapidamente e nos deparamos com um cardápio imenso de gostosuras e coisas esquisitas para um café da manhã…

Primeira coisa estranha de quem nunca tinha saído do país: a gente pediu suco de laranja e nos serviram suco de laranja + copo de água… Obviamente, alertamos o garçom que não tínhamos pedido água… Mas mais tarde descobrimos que é comum eles oferecerem “tap water” (água da torneira). De café da manhã, tomamos um tipicamente americano, com panquecas, bacon, manteiga de leite e mel, e olha, esses americanos sabem mesmo comer! Uma delícia!!! O café da manhã normalmente nos sustentava durante o dia, então fizemos pouca refeições.

image

Café tomado, primeira parada foi Chinatown… A rua é basicamente um mix de 25 de março com Liberdade, mas claro, com toda limpeza, organização e beleza dos States. Super organizado e com preços baratíssimos… andamos a rua toda, tiramos boas fotos e fomos sentido ao Coit Tower. Como era tudo perto, fomos andando, mas não é tão perto assim, cerca de 1 hora de caminhada, sem esquecer que as ruas de SanFran são cheia de ladeiras…

image

A visita ao Coit Tower foi bem legal, da pra ver uma parte da cidade lá de cima, e dá pra ver também bem de longe a ilha de Alcatraz. Depois de algumas fotos e uma curtida no panorama, fomos andando até o famoso Pier 39. Famoso, porém nada de especial. É bonitinho, mas cheio de turistas, bagunças e completamente comercial.
image

O que eu mais gostei de lá foram as focas e da visita que fizemos a Sausalito. Uma viagem de barco que dura cerca de 30 minutos muito legal e muito frio. Quando não tem nuvens, consegue-se ver o Golden Gate e a ilha de Alcatraz que não fomos que ódio!. A viagem foi muito tranquila, tocando músicas antigas durante o caminho, porém muito frio, com o vento gelado de SanFran. image

Chegando em Sausalito também não tem muita coisa a se fazer… Como chegamos de tardezinha, tomamos um café, vimos o sol cair (não muito, porque o sol se põe lá pelas 20 h) e voltamos…. Uma noite de segunda-feira não tinha nada aberto depois das 22 h, e só conseguimos jantar no Loris Diner, com hambúrguer, cerveja e um preço amigo para nossos bolsos.

image

No outro dia, acordamos e fomos procurar onde comer e acabamos indo no The Coffee Bean & Tea comer beagel (que não sei pronunciar) e café com leite. Estilo Starbucks (que não consigo nem sentir o cheiro) mas forrou o estomago e nos deu força de seguir em frente e conhecer mais um pouquinho da cidade. Fizemos um passeio no centro, andamos no Union Square, no centro Financeiro (visitando lojas como Victoria Secrets, GAP, Macys…) e depois visita a Market (mais algumas lojas Levis, Forever 21 que é uma pechincha com roupas boas e organizada, Marshalls…) e visitamos também uma loja de discos bem legal, que fica em frente ao ponto final dos Cable Cars (que são uma graça, mas não são muito usuais…).

image

No fim do dia, pegamos o BART mais uma vez e fomos em direção ao nosso carro. Alugamos o carro na PayLess, via Hotwire e o local para pegá-lo era um pouco longe daonde estávamos (fica a dica para se atentar a isso!) então perdemos um pouco de tempo nesse caminho e claro, tinha uma pequena fila na hora de pegar. Mas transtornos a parte, saímos de lá com carro pego, seguro feito e uma Santa Fé automática e pé na estrada! Partimos para Monterey.. mas essas são cenas do próximo capítulo…ainda bem pq ninguém tava mais lendo isso aqui.

 

Fim de semana especial no Skye

Oi gente, como foi a o fim de semana de vocês? Tive um fim de semana especialíssimo para comemorar alguns dias de namoro (800 dias pra ser mais exata) e com todo o glamour e sofisticação que tenho que aprender a ter. luz_de_velsNa sexta-feira a noite, depois de uma semana longa de trabalho, fugimos da conveniência e fomos passar a noite no Skye (Restaurante e Bar no Hotel Unique aqui em SP). O lugar é puro luxo, com espaço para jantar e o espaço do bar/balada, tocando musicas eletrônicas e alguns roquizinhos dançantes, muito legal! Primeiro desafio da noite, foi escolher a roupa no menor tempo possível e conseguir estrear os itens que comprei nas promoções, e ainda assim ter a beleza que o lugar e a ocasião exigia. Modestia super fora desse blog, consegui fazer quase tudo que a situação pediu.. Só não consegui ficar com a cara de ryca que aquele pessoal tem (mas só detalhes).. E ai, acham que errei muito ou acertei na mosca?

Aliás, melhor comentário sobre o Skye: photo vista piscinaNão foi a primeira vez que fomos, na primeira vez, meu agora namorado tinha me levado para me pedir em namoro <3, nem preciso falar qual foi a resposta. Na primeira vez também tínhamos ido para ficar no bar, tomar umas cervejas e aproveitamos a noite na sacada, em frente a piscina, e apesar do frio que estava, conseguimos ficar lá fora junto a pequena multidão de gringos (sim, lá praticamente só tem gringos). Dessa vez, resolvemos ficar no ambiente do restaurante, e comemos uma pizza light só que não e tomar uma cervejinhas para relaxar. Entre conversas, risos e lembranças do passado, acabamos não aproveitando o lado externo que é a grande sensação. Quando fomos para fora, estava chovendo e todo mundo estava lá dentro do bar mesmo, o que acabou miando um pouquinho a noite.

brinde

Como o bar também tem espaço para sentar com pufs e sofás e mesa para apoiar as bebidas, resolvemos ficar por lá mesmo, e curtir o finzinho da noite ou começo da madrugada que já estava muito mais do que ganha. Nem precisa falar que o lugar é caro , mas a entrada é gratuita, só tem que enfrentar uma filinha, pois normalmente tem bastante gente e tem limite de pessoas para não virar aquela massarofa! Só pra finalizar, fui no fino banheiro e provando a luxuosidade do local, o sabonete era da Loccitane e o papelzinho de limpar as mãos eram toalhinhas (ai meu deus)!

Muito bom lá só espero agora a próxima oportunidade para voltar numa noite de verão e conseguir passar na varanda sem pular na piscina e dar vexame hahaha. Fica a dica pra quem quiser conhecer um pouco mais aqui e aqui.

Além da noite especial, no sábado fomos numa festa de criança e pra quem quiser, já sei todo o repertório da Galinha Pintadinha hahaha, ainda achei um absurdo ela pegar todas as nossas músicas de criancinhas e regravar como quem não quer nada e estar milionária com isso e eu não ter tido essa ideia brilhante antes.

A festa tava uma delícia, com muitos doces me fazendo sair da dieta mais uma vez… E além de todos os chocolates ingeridos, pra finalizar, levei um pinto pra casa. Um pinto, sim um pintooo!

De noitnha saimos com um casal de amigos, na intenção de ir no karaokê, mostrar para o mundo nosso talento…Fomos no Frango Com Tudo Dentro, que estava mais miado do que tudo, resolvemos comer e beber, terminando a noite com boas risadas.Gif-choro

Domingo de muito frio e preguiça, só restou comer uma feijoada com a família e planejar a festa junina que vai rolar semana que vem.. Quer dizer, essa semana vai ter que rolar muita academia pra queimar o que veio e o que vai vir.