Arquivo da tag: namorados

Feliz dia do amor

Amor de dois, duas ou três.
Amor de um, de vários.

Amores livres, imperfeitos e incalculável.
Que leve o nome que levar, seja namoro, ficada, namorico, “se juntar” ou casar.
Mas que leve respeito, leve leveza, leve lealdade.
 
Que encha o peito e a alma.
Que seja leve, sincero e completo.
Que complete.
 
Amor que arranque sorrisos e arranque roupas.
Amor de abraços longos, de beijos únicos.
De conchinha feita e desfeita.

Amores sem vergonhas, sem amarras, sem descaso.
 
Amor doado, amor amado.
Feliz dia do amor.

Relacionamentos

Muitas coisas acontecem no banheiro feminino, acho que por isso que boa parte das mulheres vão acompanhadas… Muitas conversas, desabafos, trocas de conhecimento e, dependendo do banheiro, uma ajudinha básica pra segurar a porta enquanto nos equilibramos há metros de distância, mirando o vaso e tentado não encostar nele.

No banheiro do trabalho as coisas não são muito diferentes afinal de contas ainda é banheiro. As mulheres fofocam, falam sobre trabalho, viagem, maquiagem e relacionamentos, que é sobre o qual vou desatar a falar. Não sou nenhuma especialista no assunto, longe disso, mas tenho meu pequeno julgamento com algumas atitudes das pessoas nesse quesito. Vou contextualizar:

Duas mulheres, que aqui chamaremos de Ana e Maria, entraram no banheiro batendo papo enquanto eu escovava os dentes:

                (Ana): Fulano veio falar comigo que não entendia, como uma mulher bonita, inteligente e que trabalha que nem eu poderia estar sozinha…

                (Maria): Se a gente soubesse o porque estamos solteiras, não estaríamos mais. Hahahahaha

                (Ana): Dai eu falei pra ele que não encontrei ninguém que se encaixe no meu gosto…

Teve mais algumas frases dispensadas, mas daí da pra ter uma noção. Ana, Maria e o amigo que estava dando em cima dela, acham que sua beleza e o fato dela ter um bom emprego, Ana deveria estar em um relacionamento. A pessoa pode ser bonita, mas ser completamente vazia, fútil, ser desinteressante… Conheço pessoas que são extremamente bonitas, mas que quando abrem a boca, me dá vontade de correr. Assim como pessoas não extraordinariamente lindas, mas com sua beleza, que por serem legais e terem um bom papo, passam a frente em todos os quesitos.

Só porque uma pessoa trabalha e é bonita, não quer dizer que é boa em relacionamentos. Relacionamentos é mais que aparências.

Eu posso falar isso com propriedade, pois namorei a maior parte da minha vida, e não é fácil. Tem que ceder, ouvir, participar. Fazer o que você gosta e o que você não gosta, ser companheiro, confiar. Claro que tem que ter química, paixão, romance… Mas depois que os primeiros meses passam, você ainda tem que gostar de estar com a pessoa por coisas além da estética e aparências.

Quando vejo essa solteirice desesperada em achar um certo alguém e não conseguem enxergar que talvez o problema está em querer toda a idealização midiática de beleza ao seu lado, em querer sempre que o outro ceda, em exigir mais do que se doa, uma inversão de valores (dos valores que eu conheço) colocando o amor/paixão em segundo plano, me dá um comichão que a minha vontade mesmo era gritar esse texto na cara das pessoas. Mas… a vida nos dá oportunidade pra viver o que quisermos e fazer o que quisermos e talvez quebrar a cara com algumas coisas, aprender e aprender a ser feliz, tudo ao seu tempo!
image