Arquivo da tag: paris

Paris

paris fériasAh, Paris! Nunca tive muita vontade de conhecer Paris como muita gente tem, e a gente não tinha “planejado” Paris para essa viagem, mas por fim acabou entrando. E olha, ainda bem que fomos! Paris me surpreendeu e me mostrou uma cidade linda e encantadora.

Fiquei que nem uma turistona louca, tirando foto de flores, carrosséis, da torre. Ahh, a torre uma das coisas mais lindas. Paris foi bem apaixonante pra mim, achei uma cidade bonita, porém cara. Meu bolso chorou enquanto olhava toda a boemia e beleza da cidade, mas faz parte, aliás já diriam outros: Quem converte, não se diverte.

Em Paris foi o lugar que comi os melhores doces que já comi na vida. O eclair é simplesmente fantástico, tomar um cafézinho no meio da tarde com toda beleza em volta, comer uma baguete amanteigada. Foram apenas 3 dias em Paris, que julgo pouco, pois tem muita coisa para se fazer por lá, e com certeza será uma cidade que voltaremos.

Pra não perder o costume, o mapa no google com os pontos turísticos e alguns pontos para comer e beber: 

E deixo aqui algumas dicas do que gostamos de lá e gostamos muito:

  1. Quartier Latin. Um bairro super boêmio, com pessoas sempre nas ruas, um clima amistoso e tranquilo. Tem vários bares e restaurantes por lá, além de dezenas de vendedores de crepes. É um ótimo lugar para se passar e sentir a alegria da cidade.
  2. E por falar em crepe, coma um crepe. Os crepes salgados valem por uma refeição. São bem grandes, bem recheados, baratos e saborosos. E tem toda a “magia” de ver o preparo sendo realizado na hora. E indico o Au P’tit, que fica no Quartier Latin, mas se prepare porque é cheio, muito cheio!
  3. Ainda falando em comida, perto da Torre Eiffel tem uma padaria onde comemos o melhor Eclair da vida. Boulangerie-Pâtisserie Lohezic é uns 10 minutos da torre, mas vale a pena. Mas caso não vá nessa, passe em alguma com a cara bem boa, porque garanto que os doces e a baguete valem a pena.
  4. Ver a torre a noite, assim como passar pelo Louvre ou por algumas pontes que cortam o Rio Sena é bem bonito. Quando fomos, estava bem frio, mas valeu a pena mesmo assim. A cidade é iluminada e a vista é apaixonante.
  5. Sempre no caminho tinha alguns carinhas tocando musiquinhas em violinos, acordeões, etc. E acho que isso mantinha um pouco o clima romântico ou de filmes nas ruas. Uma coisa que fizemos – ora pra descansar, ora pra apreciar mesmo – foi sentar em alguns dos bancos das pontes que cortam o Sena e ficar ouvindo um pouco da música e curtindo a paisagem.
  6. Comemos um L’Entrecot em um restaurante barato e bem servido – tanto de atendimento, quanto de comida – chamado Bistrot Victoires. Um dos lugares mais em conta (acho que gastamos nem 50 euros o casal com garrafa de vinho, entrada, prato e sobremesa), com uma comida bem delicinha, clima agradável e um crême brûlée leve e maravilhoso!

Tem um milhão de fotos, porque achei a arquitetura bonita e me fiz de doida. Paris é mais sujo do que as demais cidades que passamos na Europa e os carros não são tão educados para parar quando tem pedestre. Mas ainda assim, não perde seu charme.

A volta

As férias acabaram, voltamos de viagem e já desfizemos as malas. As roupas foram lavadas, histórias contadas. Pegamos o Pickles de volta, trouxemos alguns gifts, baixamos as fotos da câmera. Lembramos fatos, rimos de muitas coisas, ficamos tristes de ter voltado, mas ficamos felizes de estarmos de volta em casa.

Aos poucos a rotina vai voltando ao normal, voltamos a comer comidinhas de verdade, voltam o trabalho, os estudos, os passeios no parque. Viajar é ótimo, e por mais cansativo que seja, é um cansaço gostoso. Um cansaço que vem com banho de cultura, de coisas novas e agradáveis.

volta

A volta do blog:

Foram 20 dias de viagem em 4 lugares diferentes: Barcelona – Berlim – Paris – Amsterdam. Com a volta das férias, voltam os posts no blog e aí resolvi fazer um post pra cada lugar com algumas dicas que aprendemos por lá (comida e bebida, lugares fofinhos, preços em conta que aprendemos e recebemos dicas de amigos) e não vimos em lugar nenhum na internet da vida- os pontos turísticos tem em todo lugar, não é mesmo?

Além disso vai ter surra de foto da viagem, afinal de contas levamos GoPro, Máquina e celulares, e queremos compartilhar isso também… Mas vou pensar em um jeito legal que não seja muito porre passar por essa “experiência”.

Ah, criei também uma nova tag no Instagram para todas as viagens #umlugaremaisnada, e vamos taguear todas as fotos de viagem que fizermos esse ano (e talvez nos próximos) – afinal de contas, a meta são 12 viagens no ano, certo?

E por fim, sem mais delongas, deixo um videozinho muito bem elaborado que o Google fez pra gente com resumo da viagem. Mas fica de olho que essa semana ainda sai post sobre Barcelona, Foto da Semana (que no caso vai ser do mês), Desenho da Semana e mais um blá blá blá. E, meio que atrasada, VEM ABRIL!

 

Férias!

Esse blog vai sair de férias a partir de hoje! Uhuu…. Amanhã, eu e o Fábio ficaremos cerca de 20 dias viajando por ai, e daí aproveitando o momento, vou tirar férias do blog também. Até podia programar uns posts, deixar algumas coisas prontas, mas férias são férias, não é mesmo?

Vamos fazer um mini tour pela Europa, começando por Barcelona, depois Berlim, Paris e por fim Amsterdam. A ideia é ficar uns 5 dias em cada lugar e turistar muito, conhecer além dos pontos tradicionais, alguns mais locais – contamos com ajuda de alguns amigos para isso – e falar com pessoas de lá, turistas, enfim, fazer uma viagem bem legal.

Reservamos hostel e Airbnb compartilhado para termos o máximo de contato com outras pessoas e com a língua e cultura – e claramente pra economizar também, porque o euro não tá fácil. Dessa vez, pensamos em um formato diferente de mapa, algo pra tirar um pouco o celular da gente e a tecnologia. Claro que vamos ter celulares e mapas em mãos, mas anotamos de um jeito mais divertido e bem feito a mão pontos para encontrarmos lá, o que fazer, onde comer… E na dúvida de encontrar, antes de sair pesquisando no Google, porque não perguntar pra alguém passando na rua?

Bom, acho que esse é o start, vamos terminar de fazer as malas e ir pra mais uma viagem – e quem sabe esse ano alcançar a meta de 12 viagens por ano? Beijos pra todo mundo e até a volta. Ah, mas pra quem quiser acompanhar a viagem, não deixe de acessar a página do blog no Facebook, o Instagram e o Snapchat: dayalima. To bem animada, então com certeza terá coisas da viagem por lá.