Arquivo da tag: planos

Casamento

547adb28956797af6bb701b17fa6b04ePor toda a minha vida ouvi a palavra casamento com um certo peso. Uma palavra que vinha com muitas responsabilidades, muito cheia de glamour, carregadas de igreja, festa deslumbrante e uma lua de mel em Cancún e a soma de todos esses fatos não me agradava completamente e me fazia fugir desse fato.

Até os 18 anos, talvez um pouco mais, tinha o sonho desse tipo de casamento com toda pompa que ele poderia ter, na igreja, com madrinhas, banho de arroz saindo da igreja. Mas esse tipo de casamento foi cada vez caindo por terra e fui elaborando na minha cabeça a minha ideia de casamento.

O fato de eu não ter nenhuma religião me influenciou a desistir de casar na igreja, mas ainda haviam outras opções quanto a isso. Mas já não me animava tanto entrar de branco, colocar véu e grinalda, escolher madrinhas e as flores… A medida do tempo que fui crescendo, fui priorizando outras coisas, como o prazer de viajar, conhecer restaurantes, sair, fugir. E gastar dinheiro só com um momento especial não fazia mais sentido, sendo que poderia ter zilhões de momentos especiais ao delongar da vida.

Foi aí que eu desisti do casamento, ou melhor, do casamento de novela. Casamento pra mim tomou outro significado.

8edf7b8393bb3f652c64e8a4db335fb4Casar pra mim hoje não leva peso, leva tranquilidade. Querer estar com outra pessoa e querer fazer coisas juntos, desde viagens pela Europa, como mutirão de limpeza no fim de semana. E não ser da boca pra fora… Ter alguém com quem dividir sorrisos e lágrimas, pra poder desabar quando o mundo está contra mim e poder encher o saco quando deixa a toalha em cima da cama. Poder dividir, o ultimo pedaço de pizza, a cama e o travesseiro. Acordar e dar bom dia, ou poder não dar bom dia quando acorda de mau humor. Saber que tem alguém te esperando pra te dar amor, afago ou te dar uma bronca, alguém que está ali com você, é diferente de tudo que já vivi – aquele diferente bom.

Ter intimidade pra tudo – e quando digo tudo, é tudo mesmo. É ceder, é brigar, mas na maior parte do tempo é estar feliz das suas escolhas e estar feliz por ter dado esse passo na relação…Você amadurece e as vezes até é um pouco bobo, mas longe de ser prisão. Traçar objetivos e planos com quem está do seu lado é de longe uma das coisas mais gostosas que fiz, mesmo quando o objetivo é trocar a lâmpada do banheiro.

Mesmo sem festa, sem pompa e sem banho de arroz, eu prefiro estar nesse casamento… Morando junto com todas as nossas alegrias e preocupações, mas com a maior certeza de que estou fazendo a coisa certa e estou sendo feliz assim. Talvez seja só um sentimento de recém-casada, mas que essa felicidade dure o quanto tiver de durar… Que seja pra sempre, até amanhã…

Volta férias!!!

image

E depois de 20 dias de maravilhosas férias com o devido descanso, aquela deliciosa sensação de leveza e regeneração! Pra quem não sabia, desde que comecei a trabalhar nunca tirei férias, ou por mudar de emprego ou por adiar e adiar.
image

Mas a decisão mais sadia que fiz nos últimos tempos foi ter marcado as benditas e mais do que isso ter viajado grande parte nesse período desconsiderando eh claro o fator pobreza pós férias.

Além de ser estréia das férias na minha vida, também foi a grande estréia de viajar pra fora do país (sem contar as visitinhas no Chile e Argentina, que são aqui do lado) e gastar um pouquinho do inglês que mal falo! A gente fez o famoso trecho da
Califórnia (San Francisco – Los Angeles – San Diego – Las Vegas) e ficamos 15 dias de muitas risadas, descanso e felicidade!
image

Vou colocar no delongar dos posts algumas dicas, situações e fotos pra ficar pra quem vai pra lá ou servir de inspiração pra quem quer conhecer ou vai sair de férias também!

Agora vou aproveitar essa fase mais clean e dar uma lustrada na vida, uma repaginada e preparar pras próximas férias (só 10 dias agora) em dezembro!

Algumas dicas relevantes…

Depois de um mês de preparo pra saber onde ir, o que fazer, o que levar… Horas, dinheiros e hotéis… Passeios, compras e o que comer… Da trabalho planejar, mas super vale a pena! Confesso que antes de começar a planejar não tinha idéia da “geografia” dos estados unidos…. O que eh perto do que, como ir e quanto tempo vai levar. E, pelo menos pra mim que gosto de fazer esse planejamento, foi muito legal!

image

Ficamos (eu e meu namorado) vendo entre sites e dicas o que fazer, lendo roteiros alheios, analisando os pontos turísticos…. Montamos planilhas, anotamos no caderno, mas no fim colocamos tudo no post it e foi o melhor planejamento!

Deixo aqui a dica 1: planejar faz parte da viagem… Não precisa ser loucamente que nem eu, pra ter pelo menos o “norte”, conhecer mais do que aquilo que todo mundo fala (meio óbvio mas vale a pena lembrar).

image

A dica 2 que usamos e funcionou muito bem foi reservar os hotéis pelo Hotwire. Mas o que eh Hotwire??? É uma ferramenta de reservas de hotéis e carro que você escolhe a localização e o preço e dentro de uma lista de hotéis disponíveis dentro desse filtro, você faz a reserva. Mas atenção!!! Você não escolhe o hotel, o sistema escolhe pra você, mas não achei isso ruim…

image

Pra alugar o carro, pessoas com mais de 25 anos pagam mais barato e vale lembrar que os carros são automáticos e até o mais barato dos carros alugados será mais top que os carros do Brasil. Fica a dica 3, ao contatar o seguro, o valor da locação costuma dobrar, então vale pesar se vale a pena ou não, dependendo do tempo/percurso da viagem. Vale lembrar que nos States quem abastece o carro é você!

Pra quem for comprar coisas, planeje antes em que loja vai comprar e reserve meio período para comprar porque vai precisar…. Saia do Brasil apenas com uma mala pequena e compre a mala lá (EUA) que super vale a pena, mas pra quem pegar vôo interno, vale lembrar que cada bagagem despachada tem que se pagar taxa determinada pela companhia aérea (dica 4).

image

Outra coisa óbvia mas vale a pena”dicar”, e a dica 5 é ver a época do ano e estação pra saber o tipo de roupa que levar… É importante porque o verão do país visitado pode não ser igual do Brasil (visto que o Brasil é um país tropical) e as roupas leves talvez não caibam pro país, o que provavelmente irá acontecer… Apesar de termos ido no verão, pegamos diversas temperaturas dentro do mesmo estado! Uma loucura, de 18°C a 35°C, mas demos sorte de pegar dicas com outros amigos que tinham acabado de voltar de lá!

Acho que a ultima dica 6 é o fator GPS. Não tem como ficar por onde quer que vice esteja sem um… Nos estados unidos na sempre mais de uma rua com nome igual a outra e pra não se perder nada melhor que o GPS. A gente comprou um chip da T.Mobile e usamos o celular de GPS além do pacote de dados… Foi super positivo e o chip com pacote de dados para pré-pago saiu $60 (na Califórnia).

Por enquanto lembrei dessas mas já da pra começar daí….