Arquivo da tag: roupas

Mais do que um corte de cabelo

Já repararam como quando a gente passa por algum momento de mudanças a gente acaba sempre cortando o cabelo?

Eu pelo menos percebi isso em mim, que quando preciso me renovar, renovar o espírito e a alma, a primeira coisa que sofre mudança é o cabelo. E no começo da medinho de mudar, e você até leva um tempo pra se acostumar. Talvez a mudança não seja  agradável, e o jeito é esperar o cabelo crescer de novo. Mas talvez seja bom demais e você descubra o corte ideal pra sua cara.

Mas é engraçado, porque sempre que procuro mudar alguma coisa, buscar algo novo em mim, me encher de esperanças e ganhar um novo gás, meu cabelo muda… Já fiz cortes modernex, já deixei de cortar por um tempão, já pintei de loiro e agora to de franja.

E apesar de ser uma mudança não tão drástica (as vezes o cabelo muda completamente a cara de uma pessoa), essa “mudancinha” pode ser um grande apenas um pequeno passo pro que pode vir pela frente – ok, também pode ser só pelo cabelo mesmo. Mudar de cabelo, de roupas, de músicas, de conversas, de hábitos. Mudar pra descobrir o novo ou mudar só porque a gente tá de saco cheio da mesma cara que vê no espelho, todos os dias. Não é só pelo cabelo, é pelo __________.

E talvez depois enjoar do que foi mudado e ver que precisava mesmo mudar pra saber que gostava do velho, ou saber que o novo é mais legal do que o antigo… Não tem como o que vai acontecer, se vai ser bom ou o se vai ser ruim se não arriscar. E se o corte de cabelo ou a cor da tintura ficar ou não ficar bom, só quem pode decidir isso é você… Não dá pra viver apenas deduzindo o que podia ter acontecido se(…).

Agora eu to de franja, vamos ver como vai ser daqui pra frente. Afinal de contas, cabelo cresce de novo…

20140903_200640-MIX

Camisa Jeans

Tava loka do cu pra comprar uma camisa jeans, desde a estação passada, mas como sabia que em pleno verão paulista de 30 graus não faria bom uso da peça, acabei deixando pra próxima estação.

Chegou o outono e com ele cada vez mais forte a tendência de jeans (camisas, coletes, jaquetas…) e ai eu queria entrar na tendência também! Fiz uma busca nas lojas de departamento, pois não queria pagar caro na peça (afinal de contas, quem quer?!). Fui na Renner, CEA e Riachuelo e encontrei de vários tipos, com e sem estampa, tom claros e escuros e todas na faixa de R$ 99,00.

Como eu queria a mais básica mesmo, que pudesse usar com vestido, fechada, aberta, com jeans, com saia… Eu escolhi a de tom médio (nem claro nem escuro), sem estampas, sem bordados e sem texturas. Comprei a minha na Renner e paguei as 99 dilmas. Depois de comprar, comecei a procurar uns looks que me inspirassem a como usar a camisa sem ser do jeito que eu já conhecia. Como é tendência o JEANS nessa estação, resolvi bloggar pra vocês…

Com saia larguinha e colorida, achei lindo pra meia estação…

Com vestido e bota cano curto.. Meu look favorito pro outono <3

Jeans sobre jeans… bem casual & classic

Com uma camiseta básica por baixo

 

Pra dar um UP no visual básico!

 

Pra ir num churrasquinho nesse meio tempo, arriscaria com com certeza!

E ai?! Curtiram? A minha ainda usei pouco, mas fiz algumas combinações, uma mais básica e outra ousando um pouquinho mais com vestidinho….

jeans

Drops do Fim de Semana

16-03

Vai chegando o final do mês e vou ficando só no lepo lepo… Sem carro, sem grana, sem nadaa!!! Então o jeito é ficar nos finais de semana tranquilo, tomar as cervejas do estoque e fazer programas água com açúcar.

Vi que esse final de semana inaugurou a Forever 21 no shopping Morumbi, mas seria uma loucura sair de casa pra ir enfrentar a multidão! Nem parece que a loja continuará aberta por alguns anos, parecia a ultima oportunidade do mundo de comprar roupa … AMO comprar, se for barato e de qualidade então, melhor… Mas nessas condições, gente, tem certeza que vale a pena? Quando a poeira baixar, vou lá ver se faço uns achados bons.

Esse fim de semana aproveitei pra ver filmes e uns seriados e dormir muito e depois comer muito na casa da tia, com direito a tapioca, bolo de chocolate e cuscuz hmm… Fora as cervejinhas, batidas e ice e muito papo furado jogado ao ar! Dos filmes que eu ví, Blue Jasmine, com a diva da Cate Blanchett e Clube de Compras Dallas com a atuação digníssima do Oscar do Jared Leto, que rende lágrimas e aplausos no final.Fora isso, passei quase domingo todo mordendo a bochecha da minha sobrinha linda <3 e comendo mais um pouco junto da família!

Ahh, vi também que hoje é St. Patricks Day e tem um monte de bares e pub’s que vão celebrar a data! Teve alguns que comemoraram no fim de semana, mas o forte é hoje mesmo… Olha só a lista de lugares em SP pra poder comemorar também!

Mais uma semana (ou menos uma semana) light até o pagode cair, então dá-lhe academia na gordinha aqui, que o verão acabou mas a pança não sumiu… Então o jeito é run, Forest, run! Aliás, na unidade da Clodomiro Amazonas, da Smart Fit, tem aulas pra clientes black, e essa semana fui ver se era bom… Fiz uma aula de ritmos ma-ra-vi-lho-sa que saí de lá pingando e num alto astral maravilhoso! Semana que vem vou testar a de Zumba e de Abdominais pra ver se pelo menos mudando a rotina, a academia me anima de novo!

Esse mundo cão….

Esse mundo só pode estar ao contrário, porque são tantas as contradições e coisas que não fazem mas sentido, que não tenho certeza se isso só não faz sentido pra mim e eu que não faço mais parte desse script ou se realmente a sociedade está com conceitos bem dos errados.

Fico inconformada de viver ainda num mundo com pensamento machistas (alow gente, estamos em 2013, mulheres independentes, homens com pensamento aberto, casais gays… Não deveríamos estar evoluindo junto?) onde uma mulher tem que pensar em como se vestir, em como se maquiar e no caminho que vai fazer pra ver se pode ou não ir com tal roupa ou de tal jeito, com medo de sofrer assédios, ouvir fiu fiu no caminho, um outro gritar “gostosa” do outro lado da rua… como se fosse a maior normalidade do mundo, como se fosse a mulher que estivesse errada.

Absurdo! Não se poder usar um vestido, sair de casa de bem, usar seu estilo e se valorizar, sem ter que se preocupar com comentários ofensivos – ofensivos sim, porque ser chamada de gostosa, linda, princesa não é elogio! -, com viradas de pescoço, com assovios e com expressões tanto quanto nojentas que nos faz se arrepender de ter colocado esse tal vestido… E o mesmo acontece para calças claras, blusas leves, saias… E não estou falando em vestir-se vulgarmente e sim em vestir-se normalmente!

E não é só o assédio do pedreiro da obra, do porteiro do prédio, do dono do bar… É também o assédio no trabalho com os caras conversando entre sí e falando sobre “as curvas” de fulana, do vestidinho de ciclana e das pernas torneadas de beltrana. E claro que a mulher percebe os olhares nojentos e agressivos, e todo o look produzido para vestir-se bem, acaba saindo pela culatra…

E o pior de tudo é que ficamos ainda nos sentindo culpada de estar sofrendo esse assédio, por termos sido nós que escolhemos essas roupas, o batom escuro ou a não maquiagem. E cada vez que isso acontece, e a gente se cala, mais a sociedade fortalece esse pensamento machista e agressor.

Mas nenhum homem se coloca no lugar da mulher e nem pergunta como a mãe, mulher ou irmã se sente quando passam por essa situação. “Ah, mas é normal…” – ledo engano! Isso pode ser considerado tudo, mas está longe de ser uma atitude normal. É uma atitude cultivada dentro da família, quando o filho ainda é pequeno e o pai ensina as atitudes de “macho” para a criança…

E continua mais ainda quando a mãe, a tia, a irmã, a vó não desaprova o comportamento… E quando na rua passamos por isso e baixamos a cabeça e achamos que é algo normal… Eu cansei disso tudo, cansei de ser julgada por minhas roupas e minhas maquiagens e ter “medo” de me vestir, com medo de todo esse assédio! Isso não pode ser normal, mas dá pra mudar essa atitude. Enquanto as crianças ainda são pequenas, enquanto os amigos nos dão ouvidos e enquanto a educação ainda existir, dá tempo de mudar essa realidade merda e fazer com que as coisas realmente entre no eixo (só que dessa vez de verdade!)

Rock in Rio 2013

Rock in Rio começa essa semana (yeahh a primeira vez que não to atrasada com a notícia), e acho que muita gente que vai sair de SP ou de outros estados, já se preparou e viu o que levar, como é e o que fazer… Mas eu, como vou também, acabei procurando umas coisas interessantes e achei legal compartilhar aqui também, dicas úteis, outras nem tantos, mas dicas!

  • Primeiramente, muita calma… Além de todos os problemas que uma cidade grande pode ter, o Rio vai receber mais de milhões de pessoas de vários lugares então imagina, vai estar aquela zona! Não adianta xingar, matar e estressar, porque vai ter caos, trevas e destruição, transito, gente xingando…. e você não vai querer estragar seu dia maravilhoso por tampouco não é?

riocard

  • Chegar cedo é mais do que necessário… O transito vai dificultar as coisas e por mais que seja perto, não dá pra chegar andando e de carro vai ser problema… Uma boa ideia é usar o RioCard, que sai de alguns pontos a partir das 11h e ai vai de 1 em 1 hora… Tem mais informações aqui, mas não deixa pra ultima hora! O valor é 50 dilmas por pessoa ida e volta.
  • looksrirNão pode entrar com guarda chuvas, e pra não contar só com a previsão do tempo vale levar uma capa de chuva na bolsa/mochila..
  • Levar água e comida também é permitido, e vale levar uma canga pra sentar durante o dia, afinal de contas serão cerca de 12 horas de show…
  • Roupas leves e sapatos confortáveis pra não ficar o dia todo passando perrengue. Pra meninas, tem umas dicas aqui de roupas pra ir no festival, além de confortável, não perde a elegância. Para os meninos, o básico camiseta e calça será a maioria, mas pra quem quiser dar uma inovadinha pra ficar mais com a cara do Rock, tem dica aqui também.
  • O Rio é quente então não dispense o protetor solar… Mas pode estar frio a noite, então levar uma blusa pra se proteger quando anoitecer é super  válido! Não vá com mochilas/bolsas carregadas de coisas, pois peso extra nunca é bem vindo, vai se tornar um estorvo.
  • Pra quem nunca foi no Rio e não tem ideia da onde vai ser o evento, fica aqui o mapinha do local e algumas dicas do que vai ser interditado ou não!

No mais, só aproveitar as bandas, o evento e pra quem puder, aproveitar a praia e a maravilha do Rio de Janeiro!

geralpalcomundo_balanco