Arquivo da tag: tatuagem

E teve mais uma tattoo

Antes de irmos embora do Brasil, eu e o Fábio estávamos com a ideia fazermos uma tatuagem. Pelos vários motivos que tínhamos em nossa cabeça, em nossas vidas e principalmente porque gostamos de tatuagem. Mas acontece que de uns tempos pra cá, fazer uma tatuagem bacana virou sinônimo pagar muito dinheiro. Não é ruim que as pessoas valorizem sua arte e cobrem pelos seus desenhos e trabalho, muito pelo contrário, mas acaba sendo inviável pagar no mínimo R$ 1000 em UMA tatuagem de cerca de 10 cm. Sim, em SP tá mais ou  menos esse preço e é preciso procurar muito pra achar um tatuador com um trabalho bacana e a preços que cabem no bolso.

Eis que na busca, reencontrei o tatuador que fez minha primeira tatuagem, o André. Como já conhecia o trabalho dele, foi mais fácil escolher. Combinamos um dia de ir no studio, conversamos sobre a ideia da tatuagem, conhecemos o studio que ele trabalha agora e fechamos um valor SUPER amigo <3 O André é um cara super tranquilo, combina um preço que cabe no bolso, tem o traço muito foda e umas ideias super interessantes. Eu gostei (mais uma vez) do trabalho dele e super indico o studio First Line (Rua Casa do Ator, 675, Vila Olimpia)

Como gostamos bastante, achei bom compartilhar, porque né!?
Agora, chuva de fotos da tattoo nova.

BTW, se alguém tem dica de algum studio deixa nos comentários, pois é sempre bem vindo! <3

Amo tatuagem e vou defendê-la

Amo tatuagem e isso nunca foi segredo pra ninguém. Minha família, assim como muitas famílias tradicionais brasileiras, sempre olhavam com olho torto e falavam mal de quem tinha, mas isso nunca me impediu de fazer uma (ou várias). Assim que completei 18 queridos anos e consegui juntar uma grana, fui atrás de um studio bacana para fazer a minha primeira.

Antigamente não dava pra marcar online e a divulgação dos studios não era tanta (e esse antigamente que eu digo é por volta de 2007), então o jeitinho de descobrir os studios era passando na frente, entrando e vendo o trabalho do artista. Ah, indicações também eram sempre bem vindas. O preço da tatuagem era alto para quem queria um profissional bom de traço (nada diferente de como é hoje).

Screen Shot 2016-08-31 at 6.41.30 PMA internet não era tão internetuda como é hoje, então não existia isso de levar suas inspirações e desenhos de vários lugares. O jeito antigo era olhar no livrinho os desenhos do tatuador e se quisesse alguma mudança, falar com ele na hora, mas sem sair muito da “receita de bolo”. Meu primeiro desenho foi assim, escolhi uma fênix do caderno do tatuador e como o tamanho que queria era maior do que o tamanho do livro, ele fez o desenho da cauda a olho e, cá entre nós, é a parte que mais gosto.

Screen Shot 2016-08-31 at 6.40.13 PMMinha segunda tatuagem os tempos já eram outros(5 anos atrás). O agendamento ainda era indo no studio, mas antes de chegar lá já tinha na interwebs muitas informações sobre o tatuador, desenhos disponíveis em sites, opiniões dos tatuados, um direcionamento do preço. Pra essa, levei várias inspirações de desenhos para que o tatuador chegasse no meu. A experiência foi bem diferente da primeira, mas foi ótimo!

Screen Shot 2016-08-31 at 6.39.34 PMessa ultima tattoo que fiz, meu atendimento já foi completamente online. Falei com a tatuadora sobre o que queria, como queria, ideias e inspirações tudo virtualmente. Só nos encontramos na hora de tatuar e o desenho só foi mostrado nesse momento. Uma experiência completamente nova e para mim super positiva, que envolveu o friozinho na barriga de tatuar e toda a surpresa que rolaria pra ver a tatuagem desenhada de um jeito só dela.

Sigo trocentos perfis de tatuadores no Instagram e a minha vontade é fazer uma tattoo por mês ( mas minha situação financeira, ela não permite) e escolhi alguns para deixar aqui como dica e como inspiração para quem tem vontade de tatuar também:

andrezinho

@andrezinho_tattoo

Foi com ele que fiz minha primeira tattoo, então rola um sentimentalismo/nostagia também, mas os desenhos dele evoluíram conforme o tempo e com certeza faria mais uma com ele. Uma pegada mais preto e branca, manda bem nos traços finos e nas mandalas – que são as tão queridas da vez -, ele tatua no studio FIRST LINE TATTOO aqui em SP na Rua Casa do ator, 675  Vila Olímpia

naniscaranto

@naniscaranto

Comecei a seguir recentemente e a surpresa foi muito boa. Sou apaixonada nos traços delicados e ela manda muito bem. Os desenhos são bem originais, bem na pegada ornamental, meio indiana e ela tatua no studio do Led’s Tattoo, também em SP na Av. Ibirapuera, 3478.

samantha

@samanthatattoo

Meu namorado fez a ultima tattoo dele no Sampa Tattoo e lá descobrimos um monte de tatuadoras (sim, só meninas) e todas muito foda. Antes na Augusta, agora com studio ampliado no Itaim, na Rua Benedito Lapin, 200 – Itaim. Escolhi o da Samantha porque ela tem uma variedade de estilo que vai de aquarelados a florais, minimalistas, traços finos, coloridos.

felipexsanto

@felipexsanto

Esse instagram sigo faz um tempo e ele é bem popular, então talvez seja difícil marcar horários, mas a pegada da tattoo é mais pro lado geo métrico e uns traços mais rabiscados. Eu curto bastante, mas é questão de estilo. Assim como tem gente que prefere a tattoo com traços mais finos, tem gente que gosta dessa que é um pouco mais “suja”, mas cheia de estilo e personalidade. Ele é tatuador do studio True Rise Tattoo, na Rua Cavour, 271- Vila Prudente.

otavioss

@otaviosstattoo

Minha prima de Aracajú tatuou com o Otávio e teve uma experiência positiva. Há muito tempo eu vejo o Instagram dele e curto bastante os traços e desenhos. Com desenhos únicos e exclusivos, ele tatua no studio do Mocambo Tattoo, que fica na Vila Olímpia Rua Fidencio Ramos, 101.


E para se encher de inspiração e motivar a fazer aquela nova tattoo, clica aqui no board do Pinterest que criei com algumas das belezuras que vi por ai!

 

Ainda sobre tattoo

Quem tem tattoo vive respondendo uma série de questionamentos e julgamentos que as pessoas fazem a respeito. E gente, para que não é legal. Toda vez que faço uma tattoo nova (ou quando amigos fazem), as caras e bocas, e perguntas e “preocupações” das pessoas são basicamente as mesmas. Então vou escrever aqui as perguntas e respostas frequentes para que você não pergunte mais pro amiguinho, porque a gente não quer mais responder isso, beleza?

a1e5d5fd5d09052d16dff0c38d961c2bMais uma tattoo?

Sim, mais uma tattoo. E mais quantas eu quiser… Quem curte tatuagem normalmente vai fazer mais de uma, e quem sabe passar a vida fazendo. Então, quando for comentar, não fale no tom pesado de julgamento “MAIS UMA?”, pois provavelmente vai vir mais algumas por ai.

Qual o significado?

Tem muitas tatuagens que tem significado sim, mas tem outras que não tem. E quando não tem é porque a pessoa simplesmente gostou do traço do tatuador, gostou do desenho, curtiu a arte ou queria fazer uma tattoo. Então, não espere significado de uma tatuagem e nem espere achar um significado caso você queira fazer uma, as vezes o desenho tem tudo a ver com você que nem precisa de significado.

89fcae10ebc5638d18e7d9b6e51b94a7Mas e quando envelhecer?

Acho que isso ouço mais da minha família. Quando envelhecer vai ficar como? Como toda pele de velho: enrugada. Mas com desenhos de coisas que gostei da minha vida e coloquei no meu corpo. Além do mais – não sendo pessimista – mas e se eu nem velha ficar, não é mesmo? Não vamos nos prender a um futuro que nem sabemos se vai existir. Tá com vontade, vai lá e faz… Sem arrependimentos.

E se eu me arrepender?

Você tem que tatuar bêbado, drogado, com um tatuador bem nada a ver com seu estilo para ter um arrependimento. Ah, se escrever nome de ex acho que rola arrependimento também. Mas normalmente não há arrependimentos. Existem coisas que você tatua aos 20 que aos 30 não tatuaria. Mas não rola arrependimento, e sim um saudosismo da tatuagem que representou aquele momento da sua vida.

Adoro tatuagem, mas estou escolhendo o desenho perfeito.

Miga, sua loka, esse desenho não existe. Rola uma demora pra fazer o primeiro desenho. Um mix de medo e de nervosismo, afinal de contas, ficará na sua pele “pra sempre”. Mas não existe desenho perfeito, sinto lhe informar. Existe o desenho que você gosta, que você sempre quis, existe alguma inspiração e um tatuador que sabe interpretar da melhor forma possível, mas não existe o perfeito. Então, não espere – a não ser que essa seja uma desculpa interna -, só faça.

GROSSSTATDói?

Claro que dói, né? Uma agulha entrando e saindo da sua pele 1 milhão de vezes por segundo claramente provoca dor. Tem um pouco de sofrimento, mas aí você tem que colocar na balança se vale a pena ou não. Pra quem realmente curte, a dor é só um detalhe que dá pra ser superado.

A primeira a gente não esquece….Tattoo gente!

tattoobunda

Essa bunda não é minha….

Sempre gostei de tatuagens e sempre achei bonito e legal quem tem desenhos… Inclusive, sempre que alguém quer fazer eu me enfio no meio na conversa, gosto de ver os desenhos, os significados, dou os meus palpites e vejo depois que tá pronta!

A uns 5 anos atrás decidi que queria fazer a minha primeira (primeira sim, porque quero ter muitas ainda) e ai começou a escolha do desenho. Queria fazer várias coisas, e queria vários significados que mostrassem um pouco quem eu sou… Impossível! Porque sou muitas coisas (entre boas e ruins) e não tem o desenho de tudo junto….

Cheguei a conclusão que queria uma phoenix, pelo significado, pelo desenho e principalmente pelo rabo que acho a coisa mais linda! O lugar, nas costas…. E ai, começou a caça pelo desenho que me deixaria feliz. Pegar esses desenhos de tattoo pronta na internet e querer que a sua saia igual, é uma tarefa difícil, mas dá pra ter uma noção do que você quer e as cores que você quer.

phoenix

Minha phoenix!!!

Eu quis uma tatuagem relativamente grande, e escolhi o desenho preto e branco porque pelo meu tom de pele, achei que ficaria estranho (erro meu, mas o efeito sombreado ficou bem bom). O próximo passo seria achar o tatuador, e isso foi complicado. Várias indicações, e os preços nem sempre tão bons pelo tamanho que queria. Alguns queriam alterar o desenho, outros queriam aumentar as sessões. Até que depois de uma busca na internet, achei um studio perto de casa e um tatuador (que fez tattoo na Ana HIckman) que pareceu bacana: Tattoo Yes!. Fui no studio conhecer seu trabalho e falar com ele – o Andrézinho. Ele me deu algumas ideias e dicas e topou fazer, do jeito que eu queria, do tamanho que eu queria, e o melhor…num valor acessível!

Duas semanas depois estava lá para o ultimo passo: começar a tattoo! Duas sessões de 2 horas mais ou menos. Dói, mas nada absurdo, mas dói! Aquela dor que incomoda enquanto tá rolando. Quando o Andrézinho cantou “Acaboooo A-ca-bo!”

500px-CareNewTattoo-Step-3Tratar a tattoo com pomada, bandagem e aguentar depois o coça coça é dureza também! Mas no final, ver que o desenho que você escolheu, ficar exatamente do jeito que você escolheu é muito bom! E depois ficar namorando a tattoo como se fosse roupa nova, e saber que aquilo faz parte de você agora, também é demais.

Apesar da desaprovação da família, muito mais importante eu ter gostado do que eles, e como eu consigo separar bem isso e fazer o que eu gosto, deixei os comentários pra lá e logo fiz outra… Mas essa fica pra outro post…

Ficam as dicas aqui, dicas muito óbvias mas sempre bom lembrar:

  • Escolher o desenho e as cores e levar para “discutir” com o tatuador, pois ele saberá como ficará melhor e mais destacado no seu corpo.
  • Pensa que o desenho vai ser “pra sempre”, e que você pode enjoar dele…
  • Escolher o tatuador e seu studio pra ver se tudo anda nos conformes, e bom ver também o trabalho do tatuador, pra ver se o traço dele condiz com o que  você gosta.
  • Cuidar depois é super importante, pra não inflamar e não estragar o desenho, não só quando desenha, mas passando protetor e hidratante na pele, pra não ressecar.

Fica a dica do tatuador da phoenix aqui.