Vitrola

Para completar o combo hipster da vida, compramos uma vitrola. Lembro que meus pais sempre tiveram, mas aquelas que vem em cima de um rádio e, em todas as festas de infância tocavam os LP’s da Xuxa, Paquitas e Trem da Alegria. Eu sempre gostei de disco e da vitrola em si. Quando pequena ficava fuçando até aprender a colocar um disco sozinha e ficava largada na sala lendo os encartes enquanto a música tocava.

Mas aí a gente cresce, os discos pulam fora da história e dão espaço pros CD’s, fitas e depois pro pendrive e app’s de música como o Spotify. Mas como essa época da história em que vivemos o “velho é sempre bom”, voltamos com as manias de nossos pais e avós, e a vitrola voltou pra nossas vidas.

Compramos a vitrola no Mercado Livre, mas tem lojas como WallMart, Extra, Submarino que vendem também – mas o preço é mais carinho. E comprar discos hoje em dia também não é uma coisa barata… Mas é muito legal o som que sai e toda a experiência que a vitrola proporciona. Pode parecer coisa de tiozão, mas é muito legal por um disco (até porque só temos um por enquanto) e curtir o momento, tomando alguma coisa e conversando sobre.

E claramente, algumas cervejas depois, colocamos a vergonha de lado e gravamos o primeiro vídeo pra tag #30ideias30dias. Sem julgamentos, porque não estamos sóbrios e não sei editar direito hahaha É o primeiro:

Se gostou do vídeo, só clicar em curtir e se inscrever na página e se gostou da gente, só seguir nas redes: Facebook | Twitter | Instagram | Snapchat: dayalima

Deixe um comentário

2 ideias sobre “Vitrola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protected with IP Blacklist CloudIP Blacklist Cloud